FIRENZE 2 - GALLERIA DELL'ACCADEMIA

Pontos Turísticos de Firenze – Região 2: Galleria dell’Academia

Aqui se vê uma série de esculturas de Michelangelo como a versão original do Davi (cuja cópia fica na Piazza della Signoria) e a série “os prisioneiros” (cópia na Loggia dei Lanzi), além da estátua original Rapto das Sabinas de Gianbolgna, diversas pinturas de artistas florentinos do século XIV a XVI e uma interessante coleção de instrumentos musicais.

Em 1784, o Grão-Duque da Toscana Pietro Leopoldo fundou a "Academia de Belas Artes", uma escola dedicada ao ensino da arte que foi alojado em edifícios antigos do Hospital de San Matteo e do Convento de San Niccolo di Cafaggio. Com a Academia de Belas Artes, que ainda existe, que foi fundada também a Galeria da Academia, local que reuniria as obras de arte que seriam usados ​​na formação de jovens artistas.

A galeria foi progressivamente enriquecida com pinturas de conventos fechados pelo Grão-Duque Pedro Leopoldo no final do século XVIII e depois por Napoleão em 1810.

Em 1873, com a transferência da estátua de Davi da Piazza della Signoria para a Galleria, o espaço que hoja a abriga, chamado de "A Tribuna" foi reformado com a calaraboia atual para comportal a escultura de mais de 5 metros de altura.

David Original de Michelangelo

Na galeria que leva ao Davi, chamada de "Galleria dei Priggioni", são expostas algumas impressionantes obras inacabadas de Michelangelo, a série conhecida como “os prisioneiros” ou "os escravos", onde homens parecem escapar do bloco de rocha. As esculturas foram encomendadas para ficarem na base da tumba de Julio II, mas foram abandonadas por Michelangelo quando o projeto foi cancelado.

Serie "Prisioneiros" de Michelangelo

Em 1892, o museu da Accademia foi aberto ao público e na década de 50 foram abertos o salão Colossus e o salão Bizantino.

No salão Colosso se encontra a peça original da escultura "Rapto das Sabinas" de Gianbologna, aquela cuja cópia é destaque na Loggia dei Lanzi na Piazza della Signoria.

Rapto das Sabinas Original de Gianbologna

As paredes da sala Colosso são uma rica exposição de pinturas dos séculos XV e XVI de artistas como Paolo Uccello, Filippo Lippi, Botticelli, Domenico Ghirlandaio e Perugino. Muitas dessas obras vêm de igrejas e mosteiros na cidade de Firenze.

Paolo Uccelo e Boticcelli

Ghirlandaio e Boticcelli

Filippino Lippi e Perugino

Um destaque também da Sala Colosso é a obra "Cassone Adimari". Cassone era um bau ornamentado oferecido como presente nupcial. A peça, que data de cerca de 1450, foi relacionada com a família Adimari pois sua pintura retrata a cena de um rico casamento florentino no trecho da Via de' Calzaiuoli que já foi chamado de Corso Adimari, onde existiam inúmeros bens da família.

No salão "Gipsoteca Bartloni", instalada em umas das antigas alas do hospital onde a Galleria foi instalada, hoje são exibidos os moldes de gesso dedicados aos modelos criados pelo artista e professor Lorenzo Bartolini. Este ambienterecria o estúdio do escultor e exibe vários tipos bustos, figuras completas ou monumentos.

Há também uma seção do museu dedicada à pintura florentina do século XIII ao século XV, divididas em três salas: uma dedicada a pinturas em têmpera e ouro sobre madeira, outra aos seguidores de Giotto em Firenze, e a última aos irmãos Orcagna. Este é o núcleo de obras mais antigas da galeria, com temas sagrados e vindas de igrejas e conventos da Toscana.

Por fim, há também uma sessão interessante de instrumentos musicais antigos, incluindo alguns instrumentos de Stradivari e Bartolomeo Cristofori, inventor do piano.

Outros Pontos Turísticos na Região 2:

  • Atrações opcionais ou de interesse específico

  • Museo dell’Opificio dele Pietre Dure

  • Spedale degli Innocenti

  • Basilica della Santissima Annunziata

  • Museo Archeologico Nazionale

  • Leonardo Da Vinci Museum Activities

#europa #europe #firenze #florence #florença #italia #italy #toscana #travel #tuscany #viagem #dicasdecidadesnaitália #GalleriadellAccademia #DavideMichelangelo #Davi #DaviddeMichelangelo #FILTROFIRENZE