SAN QUIRICO D'ORCIA


Dicas para Quem Visita San Quirico D'Orcia

Um pouco da cidade de San Quirico d'Orcia, na Toscana, e suas principais atrações: Colegiata dei Santi Quirico e Giulitta, Igreja de Santa Maria di Vitaleta, Palazzo Pretorio, Palazzo Chigi, Jardim Horti Leonini, Igreja Santa Maria Assunta, Giardino delle Rose, Ospedale di Santa Maria delle Scala e, perto de lá, Cappella della Madonna di Vitaleta e Bagno Vignon.

​Onde é e como chegar em San Quirico D'Orcia

Castelos medievais, colinas ensolarados, cidades isoladas no alto de morros, encantadoras casas de campo e casas rurais, avenidas de ciprestes, fileiras de vinhas, olivais e campos de trigo dourado são apenas alguns dos elementos das paisagens fantásticas e harmoniosas de Val d'Orcia, na província de Siena.

Ao norte do Val d'Orcia, um dos destaque s da região é San Quirico d'Orcia, uma pequena comuna italiana da região da Toscana, com cerca de 2.500 habitantes.

No mesmo Vale d'Orcia estão Pienza, Radicofani, Montalcino, Castiglione d’Orcia e Bagno Vignoni.

Fica a 1:45 horas di Firenze, 1:00 de Siena, 20 minutos de Montalcino e 30 minutos de Montepulciano.

Um pouco da História de San Quirico D'Orcia

Cinco milhões de anos da história geológica deixaram a sua marca neste território que, hoje, é abundante em espécies vegetais e animais.

Os depósitos de lava de vulcões já não ativos - tais como Montes Radicofani e Amiata - contribuíram para as delimitações e detalhes da área e a lava, endurecida, deu forma às rochas escuras conhecidas como traquitos, que se sucedem um após o outro, acompanhando o rio Orcia.

O primeiro documento de San Quirico remonta a 712 d.c. em um ato relacionado a uma disputa entre as dioceses de Siena e Arezzo pela posse de algumas paróquias.

Em 994 Sigerico, arcebispo de Canterbury, cita San Quirico como um dos principais pontos de parada ao longo da Via Francigena.

San Quirico d'Orcia cresceu no local onde havia a antiga aldeia medieval de Osenna. Em 1256 tornou-se parte do território do Siena, e hoje ele ainda apresenta seu plano original de ruas medievais.

Anteriormente a cidade chamava-se San Quirico em Osenna. Na Idade Média, era um ponto estratégico na região ,tanto que,em 1154, Frederico I, o Barbarossa, reuniu-se em San Quirico com os mensageiros do papa quando ele cruzou a Itália para sua coroação.

Nos quatro séculos seguintes San Quirico d’Orcia se tornou uma fortaleza militar importante para as guerras entre Siena e Firenze.

Localizada numa posição estratégica ao longo da Via Cassia (e da antiga Via Francigena – que é um roteiro de peregrinação histórico), San Quirico d'Orcia foi muitas vezes a residência dos oficiais de Justiça Imperial (baliffs).

Curiosidades de San Quirico D'Orcia

As imagens da natureza em Val d'Orcia, e em particular as reproduções de suas paisagens, tornaram-se ícones para a retratação do interior da Toscana.

Todos os anos em junho ocorre a Festa del Barbarossa, recordando o evento, com arqueiros, sbadieratori (jogo das bandeiras) e desfile com roupas medievais.

Todo início de Dezembro é celebrada a Festa Dell'Olio, onde se pode experimentar o melhor da gastronomia local e o lançamento dos melhores azeites do ano.

Atrações Turísticas de San Quirico D'Orcia

​Muralhas e Portas: A visita começa pelas muralhas que cercam a cidade velha com suas magníficas portas de românico-góticas.

Chiesa della Madonna di Vitela: Entrando pela Porta Nuova está a Piazza della Libertà e a Igreja della Madonna di Vitaleta; são poucas as obras presentes, mas há destaque para que possui uma “Madonna” de Andrea della Robbia e para as estátuas de Valambrino de 1500.

Horti Leonini: Os jardins de Horti Leonini são um esplêndido exemplo de “giardini all'italiana”, e foram concebidos em cerca de 1540 por Diomede Leoni, que recebeu as terras da familia Medici e hoje periodicamente recebe exposições de escultura contemporânea.

Giardino delle Rose: Anexo ao Horti Leonini está o jardim das rosas, criado na década de 1930 em um pequeno espaço na frente da igreja de Santa Maria.

Igreja de Santa Maria Assunta: uma pequena Igreja, que enfeita a saída do Horto e do Giardino.

Ospedale di Santa Maria delle Scala: Na frente da igreja de Santa Maria Assunta foi construído um hospital para peregrinos que fazia a Via Francegina. A lenda diz que Santa Catarina de Siena viveu nesta casa. O local, apesar de não muito bem cuidado, ainda mantém elementos que ainda mantêm o hospital são as características lodgeoriginais como o pátio central de três colunas e o poço no pátio, que preserva o emblema da Escala e sua data original de 1543.

Porta Cappuccini: Continuando opela Via Dante Alighieri, se encontram alguns edifícios medievais, e depois ao virar à direita para a Via Poliziano, chega-se a porta do século XIII dos chamada Porta dei Cappuccini do século XIII.

Palazzo Pretorio e Palazzo Chigi: Retornando a Via Dante se encontra o primeiro palácio renascentista da cidade, o Palazzo Pretorio e, em seguida, o Palazzo Chigi (século XVII), hoje sede do Comuni (prefeitura).

Collegiata dei Santi Quirico e Giulitta: pequena Igreja com arquitetura influenciada pela Lombardia, construida onde antes já foi um batistério. É o monumento mais antigo e bonito de San Quirico, com três portais românicos de 1080. Foi construído para lembrar o martírio de San Quirico, que foi morto, com apenas cinco anos, pelos romanos, por ter se dito cristão.

Cappella della Madonna di Vitaleta: Outro ponto muito retratado nas imagens da Toscana é a Capela de Nossa Senhora de Vitaleta, localizado em uma estrada de terra que leva de Pienzapara a San Quirico d'Orcia, na zona rural de Vitaleta. É um pequeno edifício no alto da colina ladeado por ciprestes, data originalmente de 1590 e reconstruída em 1884, atualmente reconhecida como patrimônio histórico pela UNESCO e que se tornou ícone da Toscana nas fotos da região.

Bagno Vignon: A cerca de 5 quilometros de San Quirico D'Orcia se encontra também o Bagno Vignon, uma pequena vila medieval desenvolvida ao redor de termas que eram usadas pelos romanos séculos atrás, onde ainda podem ser vistas as ruínas dos espaços usados para os banhos, ao redor da cênica “piazza di acqua” que substitui a tradicional praça central das antigas vilas, uma enorme piscina de águas termais, que solta vapores nas noites mais frias tornando o lugar ainda mais encantador.

Bagno Vignoni

#dicasdecidadesnaitália #europa #europe #tuscany #toscana #travel #viagem #italia #italy #sanquiricodorcia #FILTROTOSCANA